Comércio de SC projeta aumento de vendas no dia das crianças

03/10/2020

A maioria dos lojistas catarinenses acredita que o resultado das vendas do comércio para o dia das crianças será maior ou igual ao desempenho registrado no ano passado, com o tíquete médio em cerca de R$ 150,00. Estes são alguns dos resultados de levantamento da Federação das CDLs de Santa Catarina (FCDL/SC).

“A melhora na previsão se deve em grande parte ao ciclo de corte de juros mantido pelo Banco Central, atualmente em 2%, e ao controle da inflação, que permanece dentro da meta”, avalia Ivan Roberto Tauffer, presidente da entidade. De acordo com a consulta, 78% responderam que as vendas devem ser iguais ou melhores comparativamente com 2019. Sobre a expectativa de crescimento, 41,5% apontaram aumento de até 3% e 63,2% estimaram o tíquete médio de R$ 150,00.

Sobre o funcionamento das lojas, 52% dos entrevistados manifestaram que atendem tanto de forma física quanto on-line, com 62% planejando algum tipo de promoção. Entre os itens mais procurados, os brinquedos lideram, com 32,1%, seguidos por roupas (21,5%) e calçados (15,6%). A consulta da FCDL/SC foi realizada com empresas associadas nas 20 cidades de maior potencial de consumo.

Para Tauffer, outro fator determinante deste otimismo é a retomada do ritmo de consumo das famílias e a liberação do crédito emergencial. “O dia das crianças e o dia das mães são as melhores datas para o varejo antes do Natal”, acrescenta. Ele lembra, ainda, que durante a pandemia a entidade lançou campanhas como ‘Comércio Consciente’, disseminando a importância das práticas que podem preservar a saúde dos envolvidos, e ‘A gente se reinventa’, para estimular o comércio local e fomentar a economia de cada município. 

Outras notícias