Comitê das Entidades discute implantação de centro de oncologia no município

20/08/2019

Representantes de entidades do município de Araranguá participaram, no final da tarde de ontem (19) no auditório da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), de mais uma reunião do Comitê das Entidades. Na pauta, assuntos que haviam sido levantados no último encontro, os quais alguns dos integrantes ficaram de trazer maiores informações.

Dos temas a serem discutidos na reunião desta segunda-feira, foram trazidas informações sobre a implantação do tratamento oncológico em Araranguá. Para falar sobre o assunto o presidente da CDL, Luiz Gonzaga Pereira, convidou o presidente da Câmara de Vereadores Daniel Viriato Afonso, que já estava envolvido no projeto de trazer o serviço para o município. Viriato trouxe dados a respeito do número de pessoas que se deslocam para outros centros de tratamento. “São cerca de 300 a 350 pessoas por mês, isso as que são encaminhadas pelo município, fora aquelas que vão por contar própria”, afirmou o presidente da Câmara de Vereadores, dizendo que desde 2017 vem estudando a possibilidade de instalar aqui uma extensão da Unidade de Assistência de Alta Complexidade em Oncologia (Unacon). Segundo ele, a prefeitura está disposta a instalar uma unidade em Araranguá, mas a liberação do processo está nas mãos do Governo Estadual. Para Gonzaga, é preciso haver uma comissão voltada para o assunto, montar um dossiê de estudo com o suporte da saúde local e apresentar ao Secretário de Estado da Saúde. Esses dados deverão ser exibidos na próxima reunião do Comitê das Entidades, quando o assunto voltará à discussão.

A iniciativa de criar um comitê em Araranguá faz parte do Programa Empreender, da Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina (Facisc). A primeira reunião nesse sentido aconteceu em maio, na sede da Associação Empresarial de Araranguá e do Extremo Sul Catarinense (Aciva), e a partir daí as reuniões vieram acontecendo. Formado por entidades com força e representatividade, buscando envolver o poder executivo para o desenvolvimento do município, o objetivo macro do comitê é criar um planejamento para o município, a pequeno, médio e longo prazo.

Outras notícias