Palestras, baile e jantar típico alemão encerram o evento

26/05/2019

A manhã de sábado (25) começou com a palestrante Graziele Lima, Juíza do Trabalho, que explanou sobre “Reforma Trabalhista”. Ela explicou que ao contrário do que muita gente pensa, os sindicatos continuam tendo força e que depois da aprovação da reforma, houve uma redução de 33% no volume de ações trabalhistas, em grande parte pelo motivo de que muitas eram consideradas o que ela chamou de “aventuras jurídicas”, ou seja, causas e indenizações absurdas pedidas pelos ex-funcionários.

“O Futuro Econômico e as Oportunidades de Mercado” foi o tema abordado por Luís Artur Nogueira, um dos 10 melhores jornalistas econômicos do país. Na opinião de Nogueira, o governo Bolsonaro tem uma agenda econômica muito boa, porém, a articulação política é falha. O palestrante se utilizou fez uma palestra estritamente interativa, pois cada um dos convencionais recebeu um aparelho que computava na hora, as respostas das enquetes que ele fazia com o público.

Uma palestra motivacional, a cargo da psicóloga e mágica Meiry Kamia, também fez parte do evento e foi o assunto seguinte ao do economista. Ela interagiu com o público se utilizando da mágica falar de motivação, afirmou que todos devem sair da zona de conforto e que o medo deve ser superado, pois medo demais “paralisa e adoece.”

Finalizando a manhã e as palestras, foi a vez do Procurador da República, Deltan Martinazzo Dallagnol, falar sobre “A Luta contra a Corrupção”. Para ele, a Lava Jato trouxe um “rompimento da impunidade”, uma vez que a corrupção não é de hoje. Disse que a Lava Jato tem o apoio da população e até mesmo agradeceu a todos os convencionais por isso. Trouxe muitos dados e informações sobre o tema e foi aplaudido várias vezes durante a palestra.

Os convencionais tiveram a tarde livre, e como sempre acontece em convenções estaduais, os presidentes das CDL’s participaram da assembleia geral da FCDL, onde foram apresentados e aprovados o relatório da diretoria, o balanço patrimonial e o demonstrativo financeiro da Federação referente ao exercício de 2018. Também foram levados para aprovação, os pareceres emitidos pelo Conselho Fiscal e pela auditoria independente. A novidade foi apresentação e aprovação da alteração do estatuto da FCDL, prorrogando o mandato de todas as diretorias e conselhos atuais para o final de 2022, conforme resolução da CNDL. Por fim, houve a apresentação da cidade de Balneário Camboriú como sede da próxima Convenção Estadual, não mais no ano de 2021, como previsto anteriormente. A mesma acontecerá em conjunto com a Convenção Nacional, em 2022, uma vez que esta já seria realizada na mesma cidade.

A 48ª Convenção do Comércio Lojista encerrou com um jantar de confraternização típico alemão, seguido do baile temático muito com a banda VOX3, que animou e divertiu todos os convencionais.

Imagens

Outras notícias